Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Estacionamento de Carros

por correspondente, em 30.05.12

A propósito do tema abordado neste blog num dos últimos posts do Correspondente no Casal de S.Brás sobre estacionamento de carros, desta vez, vou falar de carros e respectivo estacionamento, aqui na zona.

Como já referido no meu último post, aqui nesta zona, ser proprietário de um carro, não é um luxo, mas uma necessidade: as distâncias aqui são grandes, algumas estradas são muito rurais e os transportes públicos são poucos e caros.

Na maior parte dos sítios, estacionar, nem é problema; há quase sempre um lugarzinho disponível.

O problema surgiu, de há uns tempos para cá, no centro de Mafra.

Primeiro, todos os estacionamentos começaram a ser pagos, com excepção dos estacionamentos ao redor do Convento. Para além de serem pagos, tinham um limite de tempo de duas ou três horas.

Quando em Dezembro, começaram as obras ao redor do Convento, deixou de haver estacionamento gratuito no centro de Mafra, durante uns tempos.

Ou porque já tinha sido pensado, ou devido à pressão de diversos interessados nestes Parques de Estacionamento gratuitos, um dos Parques passou a ser grátis, durante três horas.

Esses interessados consistiram nos comerciantes e nos seus clientes. O facto de todos os estacionamentos no centro de Mafra passarem a ser pagos, não agradou nem a uns nem a outros. Os comerciantes porque viram os seus clientes a desaparecerem e isto porque, estes viram que ao pagar estacionamento, os serviços e comércio ao seu dispôr, passaram a ficar mais caros. Isto já para não falar do limite de tempo que não dava para tratar de nada.

Por agora, está resolvido, mas como será num futuro próximo? Parece que a ideia é que se estacionem os carros bem longe do centro e depois se utilize um transporte público até ao centro ou algo assim.

Isto ainda é só o que se ouve por aí, mas a ser verdade, eu pessoalmente, não vejo nada de prático nisso; geralmente ando carregada de malas, pelo que não me estou a ver a sair do conforto do meu carro (que carrega com as malas até onde eu quero) apanhar a “carreira”, sair onde a “carreira” fica e não onde eu quero ficar…e como eu, deve haver mais pessoas. E quem paga esse transporte até ao centro? Também me parece uma questão interessante!

Bem, como os caros seguidores deste blog podem constatar, as diferenças entre a cidade e o campo (mesmo que esse campo fique a cerca de50 Km de distância), continuam.

 

Por: Correspondente no Sobreiro - Mafra

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mensagens


1 comentário

De JB a 30.05.2012 às 13:35

Teoricamente quando se parte para o estacionamento pago, principalmente nos centros históricos, é sempre com a ideia de disciplinar o estacionamento caótico, motivado por isso mesmo, por todos terem as mais diversas e legítimas “justificações” para querer levar o carro até aonde lhe dá mais jeito, ainda que não “caibam” lá todos. O problema é se a motivação do estacionamento pago, apenas se traduz em “angariar” mais receita!

Comentar post



Objectivo: ”coscuvilhar” assuntos aqui da terrinha e arredores.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Maio 2012

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


Comentários recentes

  • correspondente

    Os amigos de quatro patas da espécie Canídeos, nes...

  • Filomena Gil

    É certo que não há nada como os animais, sobretudo...

  • correspondente

    Nada contra, claro, desde que não se lembrem de ol...

  • Filomena Gil

    E tem alguma coisa contra os vizinhos de 4 patas? ...

  • correspondente

    Este meu “comentário” é mais uma adenda ao post em...

  • correspondente

    Apenas duas notas acerca desse “zé do telhado”: Es...







Visitas


contador de visitas para blog