Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O far West na Amadora

por correspondente, em 18.10.13

PUM!! E ao som de um tiro acordamos, aqui em São Brás, pelas 4 da manhã. Oiço vozes alteradas e, vou à procura do telefone para ligar para a polícia. Não foi preciso, de estores para baixo, não vá “sair” um tiro “transviado”, apercebo-me que a polícia está no local. Ainda bem. Se calhar o tiro até foi disparado por eles.

Foi preciso mudar-me para aqui, para ao meio da noite, acordar, ou ao som de tiros, ou com carros a chocarem com outros estacionados e o condutor a pôr-se em fuga, ou com detenções debaixo da minha janela, ou até mesmo com um assalto ao armazém, aqui por baixo. Vim da Damaia e, apesar da “fama”, nunca tinha “assistido” a estes “filmes”. Mesmo em São Brás, as “ocorrências”, só nos últimos anos apareceram por cá.

Este “clima” preocupa-me, mas ainda fico mais preocupado, por exemplo, com o que se passou, na noite do assalto ao armazém, que referi lá atrás. Neste Verão, numa sexta-feira, pelas 22 horas, apercebo-me que estão a tentar arrombar a porta do armazém que fica por baixo da minha casa. Quando ligo para a polícia, pelo ruído, percebi que os amigos do alheio já estavam lá dentro e, com o nervosismo, acho que troquei o nome da rua, em vez de Alexandre O’Neill, disse que era nas traseiras da Alexandre Herculano (nem sei se existe essa rua em São Brás), mas as outras ruas, que referi, como coordenadas, estavam correctas. Durante essa noite, os ditos amigos, vieram mais que de uma vez, a pé e de carro,. Também, por meu lado, por mais que uma vez liguei para a polícia. Na segunda vez, chamaram-me a atenção, do erro no nome da rua. Na terceira vez, disseram que os colegas tinham cá passado e, não tinham visto nada de anormal. Não ouve quarta vez, porque desisti. No outro dia, saí de manhã e, quando regressei à tarde, tinha aqui, à porta do armazém, um grande aparato policial. Parece que, de manhã, os amigos do alheio tinham voltado e, como alguém os viu sair, sorrateiramente, fez o mesmo que eu, ligou para a polícia, que veio “diligentemente” tomar conta da ocorrência, de uma ocorrência, que antes, nunca tinha ouvido falar. Deve ter existido algum problema de comunicação entre mim e as forças da ordem! Espero, sinceramente, que tenha sido, apenas um mau exemplo. Espero que a noite, neste caso, não tenha sido má conselheira!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mensagens



Objectivo: ”coscuvilhar” assuntos aqui da terrinha e arredores.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Outubro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


Comentários recentes

  • correspondente

    Os amigos de quatro patas da espécie Canídeos, nes...

  • Filomena Gil

    É certo que não há nada como os animais, sobretudo...

  • correspondente

    Nada contra, claro, desde que não se lembrem de ol...

  • Filomena Gil

    E tem alguma coisa contra os vizinhos de 4 patas? ...

  • correspondente

    Este meu “comentário” é mais uma adenda ao post em...

  • correspondente

    Apenas duas notas acerca desse “zé do telhado”: Es...







Visitas


contador de visitas para blog