Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A Capital e os Subúrbios

por correspondente, em 13.09.11

A Cidade e os seus arredores têm destas coisas, à tardinha, entra-se na porta de um prédio banal, numa rua ainda mais incaracterística, desce-se a escadas até à cave do dito prédio, entra-se numa modesta casa, igual a tantas outras, “tipo” habitação de subúrbio da Capital, ou, vai-se directamente para o campo, perdão, queria dizer, para o quintal E depois, é só esticar as mãos até à figueira ou até à videira e provar os seus frutos, ter atenção aos picos da roseira, não pisar a horta, deixar as malaguetas sossegadas e, depois de se “tratar” de umas tantas sardinhas (ou carapaus) e de outras tantas entremeadas (passe o exagero), tudo bem regado com um bom vinho de Setúbal, então, já com o arroz doce à nossa frente, podemos, enfim, prestar a devida atenção, ao nosso anfitrião, a “arranhar” as cordas de uma viola, numa tentativa (malograda, diga-se de passagem), de acompanhar, outro conviva, também este, numa “luta” com as cordas, mas neste caso, com as cordas vocais, para nos obsequiar, com um fadito (felizmente que, para descanso dos nossos ouvidos, o reportório, não era muito alargado)!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Mensagens



Objectivo: ”coscuvilhar” assuntos aqui da terrinha e arredores.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Setembro 2011

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930


Comentários recentes

  • correspondente

    Os amigos de quatro patas da espécie Canídeos, nes...

  • Filomena Gil

    É certo que não há nada como os animais, sobretudo...

  • correspondente

    Nada contra, claro, desde que não se lembrem de ol...

  • Filomena Gil

    E tem alguma coisa contra os vizinhos de 4 patas? ...

  • correspondente

    Este meu “comentário” é mais uma adenda ao post em...

  • correspondente

    Apenas duas notas acerca desse “zé do telhado”: Es...







Visitas


contador de visitas para blog