Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Defesa do (tão indefeso) consumidor

por correspondente, em 13.03.15

No post anterior andei longe dos propósitos deste blogue. Neste, também o poderá parecer, no entanto, não é bem assim e, não é bem assim, porque se passa por cá (embora não só aqui), passa-se por aqui e, tudo graças à “fibra”. Apenas advirto o eventual leitor que este também não é um tema inédito no blogue.
Descobri (mas já desconfiava) que, posso “proteger-me” da publicidade na caixa de correio, da publicidade por telefone, mas não da publicidade à minha porta de casa. Posso colocar um autocolante na caixa de correio e, a partir daí, publicidade em forma de folhetos, panfletos, cartões e etc., está proibida. Posso incluir-me numa lista e, a partir desse momento, publicidade no meu telefone, nada de nada. Mas para quê estas precauções? Do ponto de vista do “chato” representante da dita publicidade, para quê chatear por correio? Para quê chatear por telefone? Se pode chatear impunemente à porta de casa do indefeso consumidor!
Chateiam uma vez. Dizemos que não estamos interessados. Uns dias depois, outros, mas com o mesmo “pacote”, voltam a chatear. Qual é a dúvida? Não me entendem? Ou acham que de um dia para o outro mudo de opinião? Ou pura e simplesmente, estão-se nas tintas, têm uma enorme falta de respeito e querem lá saber se estão a chatear ou não?
A isto é que chamam publicidade agressiva? Eu sei que estamos mal a nível de empregos, contudo, não vale tudo. Não estará na altura também de legislar sobre isto?
Ouvimos alguns “apelos” para não nos deixarmos enganar, para termos atenção com a “publicidade agressiva” e, blá blá. Mas a melhor forma de nos protegermos não será proibir ou limitar o acesso às nossas portas por parte desta publicidade, no mínimo, muito chata?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mensagens



Objectivo: ”coscuvilhar” assuntos aqui da terrinha e arredores.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Março 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


Comentários recentes

  • correspondente

    Os amigos de quatro patas da espécie Canídeos, nes...

  • Filomena Gil

    É certo que não há nada como os animais, sobretudo...

  • correspondente

    Nada contra, claro, desde que não se lembrem de ol...

  • Filomena Gil

    E tem alguma coisa contra os vizinhos de 4 patas? ...

  • correspondente

    Este meu “comentário” é mais uma adenda ao post em...

  • correspondente

    Apenas duas notas acerca desse “zé do telhado”: Es...







Visitas


contador de visitas para blog