Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Exemplar Saloio

por correspondente, em 26.07.14

Sim, sim, prometo, o já sobejamente anunciado post dedicado à História, segue dentro de momentos, mas devido ao meu estado de espírito actual, acerca de alguma gente (felizmente ainda existem excepções) natural do nosso Oeste, impõe-se a “narração” de um longinco episódio, ilustrativo do “modo de pensar” dos nativos dessa região.

Existe um dito que diz mais ou menos isto: “Aquele só dava um presunto se lhe dessem um porco inteiro”. No caso dos saloios o dito, mesmo assim, teria que sofrer uma pequena modificação, ficaria, mais ao menos dentro disto: “Aquele vende o presunto a quem lhe der o porco”!

Certo dia, um certo senhor, dono de uma certa tasca, ou de um café, ou de como lhe quiserem chamar ao estabelecimento em causa, localizado na região saloia, em “conversa” muito a propósito (para ele, claro), com um cliente “recém-morador” por aquelas paragens, ex-lisboeta, claro, como convinha ao senhor “estalajadeiro”, “desata” a queixar-se do preço dos medicamentos e do diabo a sete e, que tinha uma receita para aviar, mas o “remédio” era tão caro … E não é que só por acaso, o seu interlocutor, trabalhava no sector e, espantem-se os caros leitores, veja-se a coincidência, até tinha facilidade em “arranjar” o dito remédiozinho!

No dia em que o prestável, para não lhe chamar outra coisa, cliente levou o dito medicamento ao muito “agradecido” taberneiro, por acaso, eu estava com ele e, depois de bebermos um Martini cada um e, depois, de o meu amigo lhe ter oferecido o remédiozinho, o meu companheiro, perguntou-lhe quanto é que devíamos pelas bebidas, este, com uma grande cara-de-pau, apresentou a conta. Cá fora, desabafou, irado, o meu amigo: “É preciso ter lata, acabei de lhe dar um medicamento que custa X e mesmo assim cobrou as bebidas”!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mensagens



Objectivo: ”coscuvilhar” assuntos aqui da terrinha e arredores.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Julho 2014

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


Comentários recentes

  • correspondente

    Os amigos de quatro patas da espécie Canídeos, nes...

  • Filomena Gil

    É certo que não há nada como os animais, sobretudo...

  • correspondente

    Nada contra, claro, desde que não se lembrem de ol...

  • Filomena Gil

    E tem alguma coisa contra os vizinhos de 4 patas? ...

  • correspondente

    Este meu “comentário” é mais uma adenda ao post em...

  • correspondente

    Apenas duas notas acerca desse “zé do telhado”: Es...







Visitas


contador de visitas para blog