Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


São Brás

por correspondente, em 27.06.12

Pretendo apenas com este post preencher a minha lacuna de, num blogue sobre o Casal de São Brás, precisamente, ainda não ter falado do santo que dá o nome a esta localidade. Bom, não é bem verdade o que acabei de escrever, pois, falei deste santo, por causa do seu dia, o dia 3 de Fevereiro. Muito pouco, é certo, mas também não será hoje que me irei alongar. Acerca da sua história, tenho uns elementos, a que irei dedicar algum do meu tempo, mas que a maioria, aparece, mais coisa menos coisa, em qualquer busca na WEB, por isso, por agora, não vou “aflorar” essa temática. Aliás, o meu interesse nesta matéria, passa, acima de tudo, pela origem do nome deste Casal. Porquê de São Brás? Quem lhe deu o nome? Como qualquer historiador “credenciado” (“clube” do qual não faço parte, sou apenas um aprendiz de aprendiz nesse capítulo), tenho um “palpite”, que irei seguir e tentar sustentar, mas não caindo no erro de ignorar provas contrárias ao “palpite”. E esse “palpite” passa pela Ordem do Hospital, de quem, este Casal foi sua pertença. Embora o culto a este santo, aqui na Península Ibérica, segundo tudo indica, seja anterior à presença desta Ordem, por estes lados, tenho para mim que existe alguma ligação entre a Ordem do Hospital e São Brás. Enfim, voltarei ao tema, assim que conseguir reunir mais alguns elementos. Correcção: “Assim que conseguir reunir mais alguns elementos”, não, assim que conseguir reunir alguns elementos!  

Autoria e outros dados (tags, etc)

03 de Fevereiro – Dia de São Brás

por correspondente, em 07.02.12

Embora com alguns dias de atraso, aqui fica assinalada a data. Assim como a procissão no passado Domingo, relativa a este Santo, ocorrida nesta localidade. Procissão, inserida nas festas em honra deste Santo? Se foi, peço desculpa pela distracção, mas não me apercebi, este ano, da existência de festividades em honra de São Brás, no Casal de São Brás. A minha “queda” para me “armar” em historiador, obriga-me a prometer voltar a este Santo e a aprofundar as informações que disponho actualmente (a internet e os seus perigos), mas deixo apenas a interrogação acerca do facto (a carecer de validação): O porquê de “Até ao século XI São Brás não entra no calendário litúrgico romano. A partir daí, começa a ter lugar nele pela grande devoção que passou a ser-lhe dedicada em Roma, onde lhe erigiram trinta e cinco igrejas”, o porquê deste reconhecimento, nesta altura? Até pode ser que isto nada signifique, que tivesse, de igual modo, sido apenas nesta altura que a maioria dos outros santos passassem também a ser “reconhecidos”, portanto, será uma linha de investigação a seguir, de modo a esclarecer a dúvida. Mas por agora ela fica sem resposta e assinalada.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mensagens


Objectivo: ”coscuvilhar” assuntos aqui da terrinha e arredores.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Dezembro 2017

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31


Comentários recentes

  • correspondente

    Os amigos de quatro patas da espécie Canídeos, nes...

  • Filomena Gil

    É certo que não há nada como os animais, sobretudo...

  • correspondente

    Nada contra, claro, desde que não se lembrem de ol...

  • Filomena Gil

    E tem alguma coisa contra os vizinhos de 4 patas? ...

  • correspondente

    Este meu “comentário” é mais uma adenda ao post em...

  • correspondente

    Apenas duas notas acerca desse “zé do telhado”: Es...







Visitas


contador de visitas para blog