Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correspondente no Casal de S. Brás

Objectivo: ”coscuvilhar” assuntos aqui da terrinha e arredores.

Correspondente no Casal de S. Brás

Objectivo: ”coscuvilhar” assuntos aqui da terrinha e arredores.

A nossa terrinha

correspondente, 09.04.12

Desta vez, resolvi aceitar o desafio do autor deste blog e, escrever algo sobre a nossa terrinha.

Em primeiro lugar, convém analisar o que é isso da nossa terrinha, pois, por vezes, torna-se algo relativo. Passo a explicar. Quando nascemos num determinado local, passamos lá uma boa parte da nossa vida e depois mudamos para outro, até com características completamente diferentes, às tantas, deixamos de saber ao certo, qual é a nossa terrinha.

Foi o que se passou comigo. Nascida e a viver na cidade (mais propriamente arredores) até à idade dos trinta, mudei sem armas mas com bagagens, para o campo.

Cerca de dezoito anos depois, ainda não sinto que a minha terrinha seja esta, mas quando vou à cidade, também já não sinto que a minha terrinha continue a ser aquela, pois já não me identifico com nada lá.

Chego a ter saudades da cidade, mas quando lá vou, está tudo tão diferente que verifico que aquela cidade da qual sinto saudades, já não existe e sinto-me deslocada.

Quanto ao campo, o mais difícil tem sido adaptar-me às mentalidades próprias destas gentes…

E, para já, acho que chega como introdução.

Talvez algum seguidor deste blog já tenha passado pelo mesmo e queira enviar o seu comentário. Ficamos a aguardar!

 

Por: Correspondente no Sobreiro - Mafra