Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correspondente no Casal de S. Brás

Objectivo: ”coscuvilhar” assuntos aqui da terrinha e arredores.

Correspondente no Casal de S. Brás

Objectivo: ”coscuvilhar” assuntos aqui da terrinha e arredores.

Multibanco, Sol e moinhos, tudo no mesmo saco

correspondente, 13.08.11

Depois de quase queimar as pontas dos dedos no teclado da caixa de multibanco, tal era a exposição desta ao astro Rei, aqui em São Brás, pelas duas da tarde, ainda que consciente da importância que todos nós (os Portugueses) damos a esta relação de cumplicidade, entre o nosso País e o Sol, principalmente na vertente turística, pergunto: Com tanta “energia” disponível, durante a maior parte do ano, não existirá tecnologia e formas mais eficazes de a aproveitar, para além do simples painel no telhado da moradia? Faz confusão o desperdiçar daquilo que a natureza nos coloca à disposição, é certo que até o petróleo é uma riqueza natural, mas não é uma fonte de energia “limpa” nem inesgotável. Além do Sol, temos o vento, Por exemplo, aqui, uma região aonde este se faz sentir, de quando em vez (para não dizer, quase sempre), de uma forma bastante “generosa” e por isso mesmo, os nossos “antecessores” habitantes daqui, de São Brás, o souberam aproveitar, conforme atesta o nome da rua “moinho da galega” ou um ou dois vestígios dos mesmos, que chegaram aos nossos dias, insisto, faz confusão, hoje, nós, supostamente mais evoluídos, desperdiçarmos esses tipos de energia, ou pelo menos, segundo parece a quem está por fora destas matérias, estarmos a aproveitar muito pouco!

Notícia de última hora: Estou em condições de garantir que as ovelhas não foram a banhos, pois o rebanho está a passar por aqui agora!