Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correspondente no Casal de S. Brás

Objectivo: ”coscuvilhar” assuntos aqui da terrinha e arredores.

Correspondente no Casal de S. Brás

Objectivo: ”coscuvilhar” assuntos aqui da terrinha e arredores.

Hortas comunitárias

correspondente, 10.08.11

Notícias ali do lado, agora parecem estar na moda as hortinhas comunitárias. As Câmaras Municipais “arranjam” o terreno e mediante inscrição, posteriormente seleccionam e distribuem as parcelas aos interessados. Na Damaia, parece que tudo é feito ao contrário. Há uns anos, a própria Câmara “intimou” alguns moradores a “desmantelarem” as hortas que tinham nas traseiras de uns prédios, lá se foram as alfaces, os tomates e as árvores de fruto. Desde aí, essas traseiras, para além de um pavilhão (segundo parece, ao abandono) vai tendo osgas, ratos e muita vegetação, que de quando em vez, lá acaba por ser cortada, para voltar a crescer, enfim, é natural o entretêm, sempre vai justificando alguma actividade e a mão-de-obra empregues na árdua tarefa de cortar o “matagal”. Contudo, agora (o agora, será a menos de um ano, não?) para compor o ramalhete, temos os Hortelões, que segundo parece, mais ou menos no mesmo sítio aonde existiam as antigas hortas, “inventaram” uma horta comunitária, digo inventaram porque: A Câmara não foi tida nem achada no processo e segundo creio, não andam por lá os moradores todos, nem mesmo aqueles que foram obrigados a “arrasar” as suas hortas anteriormente. Mas como a prosa já vai longa, havemos de voltar ao tema, até porque parece que vai por lá uma mini-guerra, entre Hortelões e Câmara.