Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correspondente no Casal de S. Brás

Objectivo: ”coscuvilhar” assuntos aqui da terrinha e arredores.

Correspondente no Casal de S. Brás

Objectivo: ”coscuvilhar” assuntos aqui da terrinha e arredores.

Hospital Amadora – Sintra Urgências 02-09-2014

correspondente, 03.09.14

14:20 – Entrada nas urgências. Na triagem, atribuída senha ou pulseira verde (atribuição ainda que duvidosa, mesmo assim aceite).

 

18 e picos: Perante a “não chamada” de qualquer médico para observação ou avaliação do estado de saúde, junto do balcão de informações, soubemos que ainda teríamos que esperar mais ou menos 3 horas e meia.

 

22 e picos (8 horas depois de entrar nas urgências): Ainda sem qualquer chamada do senhor doutor, novamente junto do dito balcão, fomos informados que teríamos que esperar cerca de mais 4 horas, ou seja, se não existisse mais nenhuma alteração, 12 horas para o senhor doutor ficar a saber o que nos tinha levado até ali, às urgências de um hospital!

 

Utente de quase 80 anos, com Parkinson, com dores numa perna, dores que nem a permitiam andar pelos seus próprios meios. Dores que a tinham levado às urgências.

 

22 e mais alguns picos: Desistência de aguardar. Abandono da sala de espera. Pior do que tinha ido e sem solução. Voltar no dia seguinte??

 

Como somos de brandos costumes, fica por dizer um palavrão, mas não deixa de ser um NOJO!  

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.